Espaço de Vida
Buscar
0800-7733241
0800-7733241
A ligação é gratuita!


Cadastre-se e receba nossas novidades:

Tumor Neuroendócrino

Tumor Neuroendócrino


O que é

Tumores neuroendócrinos (TNEs) é o termo genérico para um grupo de cânceres incomuns, muitas vezes de crescimento lento, que se desenvolvem a partir de células do sistema endócrino difuso. Eles são encontrados mais comumente no pulmão ou sistema gastrointestinal, mas também podem ter origem em outras partes do corpo, como o pâncreas, ovário e testículos, entre outros.

 

O que são Células Neuroendócrinas?

O sistema endócrino difuso é composto de células neuroendócrinas encontradas nos tratos respiratório e digestivo. O trato respiratório inclui os brônquios e os pulmões. O trato digestivo começa na boca e termina no reto. As células neuroendócrinas também estão localizadas em glândulas endócrinas, tais como, as glândulas supra-renais, pâncreas, tireóide e pituitária. Essas células também são encontradas nos ovários e testículos.
Cânceres TNE se desenvolvem quando essas células especializadas sofrem alterações levando-as a se dividirem descontroladamente e se transformarem em uma massa de tecido anormal (tumor).

 

Como se formam?

Como os TNEs são formados ainda não é totalmente compreendido. Tal como acontece com todas as formas de câncer, os TNEs surgem quando as células se multiplicam rapidamente no corpo. Células normais em nosso corpo se dividem de forma controlada, mas no câncer os sinais de controle não funcionam. Isso provoca a formação de células anormais, que se dividem rapidamente, resultando no crescimento do tumor. A maioria dos TNEs ocorrem sem qualquer ligação hereditária, mas há casos em que TNEs estão presentes como parte de uma síndrome de câncer endócrino familiar, como MEN1, MEN 2, neurofibromatose tipo 1 ou Von Hippel Lindau.

 

Quais são os diferentes tipos de Tumores Neuroendócrinos?

Existem diferentes tipos de TNEs e todos possuem uma maneira ligeiramente diferente de se apresentarem, tanto em termos de sintomas quanto em como eles parecem quando observados no microscópio.


Exemplos de TNEs:
• Carcinóides – pulmonar, tímico, gástrico, duodenal, pancreático, de intestino delgado, de apêndice, de cólon, retal, ovariano e tumores carcinóides de origem desconhecida (primário desconhecido).
• Funcionamento e Não-Funcionamento de Tumores Pancreáticos.
• Múltiplas Neoplasias Endócrinas.
• Gastrinomas.
• Insulinomas.
• Glucagonomas.
• Feocromocitomas.
• Vipomas.
• Somatostatinomas.
• Carcinóide de Células Caliciformes.

Os locais mais comuns para TNEs ocorrerem são no pulmão e sistema digestivo, mas também podem surgir em outras partes do corpo, tais como o pâncreas. O lugar onde o TNE aparece pela primeira vez é chamado de local primário. No entanto, o TNE pode se espalhar e ser encontrado em outras partes do corpo, por exemplo, no fígado e nos gânglios linfáticos, e se isso ocorrer, seu médico pode se referir ao TNE como um tumor secundário ou metástase.

Os TNEs são classificados de acordo com a área na qual são encontrados.

Classificação dos TNEs:
• Tumores do intestino anterior: encontrados nos pulmões, estômago, pâncreas, vesícula biliar e duodeno;
• Tumores do intestino médio: encontrados no jejuno, íleo, apêndice e cólon direito;
• Tumores do intestino posterior: encontrados no cólon esquerdo e reto.

 

Por que existem diferentes nomes para Tumores Neuroendócrinos?

Este grupo de cânceres foi identificado pela primeira vez como uma doença específica em meados de 1800, e o termo carcinóide foi dado a eles em 1907 para descrever um tumor que cresceu muito mais lentamente do que os cânceres normais. No entanto, na década de 50, tornou-se bastante claro que esses tumores de crescimento lento poderiam ser malignos e se espalharem de uma parte do corpo para outro, como outras formas de câncer.
Atualmente, a descrição de tumor carcinóide está sendo lentamente substituída na literatura médica pelo termo TNE ou tumores gastroenteropancreáticos (gastro - estômago, entero - intestinos e pâncreas - pâncreas) ou GEPs para abreviação. No entanto, alguns médicos ainda usam o termo tumor carcinóide ou apenas carcinóide quando se referem aos TNEs que se desenvolvem no estômago, duodeno, intestino delgado, apêndice, cólon ou reto.
A terminologia pode ser conflitante. Por exemplo, um carcinóide pode ser descrito como um TNE ou um GEP-TNE; um insulinoma também pode ser descrito como um TNE pancreático, um TNEP, um TEP ou um TNE.


Notícias Relacionadas


  Tumor neuroendócrino: intestino x pulmão x pâncreas: entenda suas diferenças
Compartilhe:
Voltar 

Apoio



Sem vídeos relacionados

Publicações

Publicações
Conheça agora nossas publicações gratuitas.
Acesse
As informações disponíveis neste portal têm o objetivo estritamente informativo e não devem ser usadas para auto-diagnóstico, auto-medicação e/ou para substituir os serviços ou informações médicas e/ou profissionais da saúde. Em caso de dúvidas fale com seu médico ou com a equipe que lhe atende, eles poderão esclarecer todas as suas dúvidas. O Conteúdo editorial, manuais e/ou vídeos entrevistas do Portal não tem relação comercial com os apoiadores.

Instituto Espaço de Vida

| Sobre o Instituto Espaço de Vida | Fale Conosco
Rua Jandiatuba, 630 – Torre B – Cj. 333 – Vila Andrade – CEP: 05716-150 – São Paulo/SP - Fone: 11 - 3721-5317